18.6.15

ME REDESCOBRINDO

Sabe quando você percebe que todas as escolhas que você fez até hoje foram escolhas impostas por alguém!? Como se estivesse vivendo a vida por ela!?

Sabe o pior descobri isso a pouco tempo... Desde pequena sempre gostei muito de animais tive alguns animais de estimação (outros não me deixaram ter, sempre quis ter um cavalo, é um cavalo e dentro de cada não poderia então tentei convencer que poderia ser na área de luz...Não sei porque mas não deixaram). E quando começam as perguntas: O que você vai ser quando crescer!? Respondia que queria ser veterinária, afinal poderia ter vários e vários animais e ainda estaria trabalhando.

Com o passar dos anos fui abandonando este sonho e partindo para outro, pois na minha cidade não tinha o curso e sempre falavam que medicina e caro, ainda mais veterinária (até hoje é caro mas... ), como sempre gostei de ver filmes e neles o que mais me chamava a atenção era mulheres  bem vestidas e indo para seu escritório, pronto decidi... advogada. Não eu não fiz direito.

Fiz vestibular passei e quando iria iniciar as aulas comecei a trabalhar em uma escola, aí escuto: Tem que mudar de curso. Agradeça o emprego que tem e se quer crescer em uma empresa faça um curso para crescer aonde está. Emprego é difícil e todos os bla bla bla possíveisE lá foi eu na secretaria da universidade e fiz a troca de curso, agora sim... eu fiz Pedagogia, e certamente meu cargo na empresa foi aumentando, salário melhorando e férias no meio do ano e recesso no final / começo.

Não posso falar que não gostava, que não sou grata. Claro que sou me diverti muito alias era pior que as crianças e com o emprego pude fazer outros cursos para conhecimento (e só agora entendo que fazia isso para poder entender o que eu realmente procurava como minha profissão ja que lá atras jogaram um balde de água fria em meus sonhos), acredite fiz fotografia, dança, desenho, pintura em tela, canto coral (não aprendi muito RS. ..), designer gráfico, web design, informática (ênfase em programação), curso de costura para acessórios e bolsas, além das diversas artes na cozinha, artesanato, convites, coisas de casamento e eventos em geral. Sim eu fiz muita coisa. 

Mas para até chegar nos dias de hoje além de cursos eu fiz muitas amizades, algumas que duraram, tenho contato com uma amiga desde a 5ª série (sim desde 1998, nestas horas que vejo o quanto passou), outras duraram apenas minutos (como a de uma menina que uma vez estava entregando currículo e como estava indo na segunda agencia começamos a conversar, entregamos nas demais agencias e nunca mais encontrei ela). Para chegar até aqui tive muitas batalhas algumas com derrota e outras com vitória. O que mais importa mesmo é que me redescobri e esto esta sendo demais!

A cada dia vejo o quanto me alegro em escrever, para poder expressar meus sentimentos e me dedicar a algo que tenha a minha cara a minha decisão , contando as minhas aventuras e poder entender melhor a mim mesma, aprender que posso me redescobrir a cada dia, e neste conhecimento adquirir mais sonhos aumentando a minha bagagem de amizades e conhecimento.

E lembrar que devemos ser felizes a cada dia, mais e mais sempre agradecendo a Deus por mais um dia. Esta semana li uma frase e irei usa-lá sempre: 

"Vou fazer cada minuto valer a pena, uma vez que não tenho a mínima noção de quantos ainda me restam!" Aurélia Vasconcelos




12.6.15

CINEMA E TV: ANTES DE PARTIR



Este é um filme no qual a cada vez que assisto eu aprendo a valorizar mais e mais as minhas maluquices do dia a dia... ensina as pessoas que devemos dar mais valor aos bem não compráveis como o amor das pessoas que convivem conosco diariamente.

O filme mostra claramente que aquele que deu muito valor aos bens compráveis (carros, casas, roupas,...), nos seus últimos dias de vida estava sozinho e mendigando alguém para que pudesse conversar e gastar seu dinheiro.

Infelizmente as pessoas que nós encontramos no nosso dia a dia não pensa assim, além de alguns membros da família (decepcionante, mas sim... membros da família também), não podemos ser hipócritas e acham que não terá em nossa família pois sempre ira ter... um ou outro sempre vai preferir aquele que que tiver mais dinheiro no banco, o melhor carro, dar atenção para aquele que estiver mais bem vestido ... mas enfim são exatamente este tipo de lição que devemos aprender com os filmes, pois se tratarmos as pessoas assim, seremos infelizes nas ultimas horas de vida neste plano espiritual.

Aprendendo pequenas lições no nosso dia a dia podemos compreender melhor as pessoas e teremos uma vida de sabedoria.

Se cada pessoa investir mais em si mesmo e puder fazer o que foi possível para ajudar o próximo poderemos ser mais humildes em nossas atitudes e mais felizes pois estariam todos vivendo da mesma maneira.

11.6.15

CINEMA E TV: DE VOLTA PARA O FUTURO

Em minhas super aventuras vividas pela sessão da tarde quando chegava da escola, assisti por diversas vezes o filme "De volta para o futuro", nele ficava imaginando como seria a vida em 2015.


No final de semana pude rever este filme... que decepção! Gostaria que tivesse ao menos a metade das tecnologias que as pessoas imaginavam para o ano que estamos vivendo, cadê o skate sem rodas!? 


A lanchonete retro!? A televisão que possibilita você assistir várias janelas ao mesmo tempo e escolher qual seria com maior espaço na tela e isso somente com a voz!? A única que mais se aproxima de algo retrô é a JOHNNY ROCKETS, mas vamos cominar o valor é um absurdo, eu que adoro comer acho caro demais.



Os carros com opção de andar nas ruas ou sobrevoar as cidades!?
Sabe quero e muito viver este 2015 que lá atrás em 1987 (ano mais lindo, e cheio de coisas inteligentes!). Sou o tipo de pessoa que ama tecnologia, mas em contravenção amo as roupas antigas (como assim!?), sim amo roupas antigas das cenas de novelas e seriados de época, dos filmes estrelados pela Madona (não me lembro o nome , quando souber edito o post), dos vestidos que aparece em filmes, lindos porém no calor de hoje acredito que não daria muito certo.
Hoje estamos em 2015, e a tecnologia (nem sei se digo assim...) usada nos dias de hoje é o mono pod, que não ha nenhum tipo especifico de tecnologia a não ser aqueles que vem com o botão de bluetooth.







Já posso viver nos filmes!?

2.6.15

SIM... ADORO MUDANÇAS...

A cada minuto que passa percebi o quanto estava certa em mudar de área profissional...

Claro continua uma correria,  responsabilidades, afinal o mundo não para e a cada segundo surgi algo novo seja em tecnologia informação e responsabilidades.

Mas consigo sair do escritório com aquele ar que irei a aula pensando somente que irei a aula e depois ir para a casa. Sem aquele pensamento de meu Deus tenho que fazer tal atividade, correr com matéria. .. prova. .. e bla bla bla da área de educação.

Não posso falar que não aprendi nada nesta área, sim aprendi ( assim como todos aprende todos os dias).Mas me sinto muito mais feliz agora.

Mesmo não tendo aquele tempo de assistir várias séries, filmes e tudo as no meio da semana, mas final de semana aproveito e tiro atraso. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Fabiana Eggert - 2015. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Cute Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo